Blog

01 . JUNHO . 2015

5 atitudes para construir uma marca pessoal poderosa nas redes sociais e se destacar no mercado

Quando o assunto se refere ao tempo dedicado aos perfis nas mídias digitais, os brasileiros estão na liderança. No entanto, apesar do tempo que empenham, isso não representa necessariamente eficiência na comunicação e no cuidado com o perfil. De acordo com a pesquisa Digital Future Focus Brazil 2015, realizada pela comScore, os brasileiros lideram o ranking de horas gastas nas redes sociais, e apresentam uma média 60% maior do que a do resto do planeta.

Entretanto, mais do que um canal para dialogar e falar sobre gostos pessoais, esses espaços são também ideais para destacar o potencial profissional. Assim como grandes marcas usam as mídias digitais para se promover, essas podem ser poderosas ferramentas também a favor das pessoas que pretendem conquistar uma nova oportunidade de emprego, complementar a renda ou até mesmo conquistar uma posição melhor no trabalho.

Para dar uma direção sobre como começar a construir uma marca pessoal, destacar-se no digital e ter resultados na vida real, a Jornalista e Especialista em Marketing Thaise Saeter destacou algumas dicas para quem quiser tirar o máximo proveito desse tempo dedicado aos perfis nas redes sociais, ampliar o networking e ganhar notoriedade:

1. Tenha Propósito

Cada atualização de status que você faz, cada imagem que compartilha ou tweet que publica está contribuindo para a sua marca pessoal. Por essa razão, fica muito mais claro o que é interessante compartilhar quando se tem um propósito e objetivos definidos. A imagem que você constrói é uma soma de várias ações diárias, tenha em mente pelo que você quer ser reconhecido.

2. Escolha a plataforma mais adequada para o conteúdo que deseja compartilhar

Conhecer seu público ou o público que quer impactar positivamente é o primeiro passo para o sucesso com a mídia social. Algumas plataformas se ajustam melhor para determinados conteúdos do que outras. Se você por exemplo tem uma startup na área da tecnologia e quer compartilhar os últimos artigos e avanços da área para a mídia e conhecidos, talvez seja mais relevante compartilhar em tempo real através do twitter ou facebook, do que por exemplo, no Pinterest, que atende mais à outro tipo de abordagem. Já se está pensando em mudar de emprego e ampliar seu networking, ativar sua conta no Linkedin e buscar se conectar com pessoas de sua área de interesse podem trazer bons resultados.

3. Evite o excesso de auto-promoção. Nem tudo é sobre você

Talvez você pense “já que estou me promovendo (ou sua empresa), tudo o que preciso fazer é postar sobre tudo o que faço ou penso”. O tempo todo. Não é bem assim. Não se torne o chato do facebook. Ao invés de falar apenas de você e do seu próprio negócio incessantemente, intercale, compartilhe assuntos do seu setor, pesquisas, tendências e notícias relevantes que informem e também sejam do interesse das pessoas.

4. Dê espaço de tempo, não sobrecarregue de informações os seus seguidores e fãs

Postar regularmente é importante, no entanto, é mais importante ainda não exagerar nessa “regularidade”. De espaço entre suas atualizações, para que seus amigos e seguidores mantenham o interesse e não se incomodem com tanta informação. Exagerar é sempre ruim e nesse caso pode até mesmo banalizar o teor daquilo que compartilha.

5. A imagem que as pessoas criam sobre você se baseia naquilo que compartilha

Goste ou não, hoje em dia não tem mais distinção do online e off-line. As opiniões que você expõe nas redes sociais hoje, reflete diretamente na imagem que as pessoas criam a respeito de você. E isso pode ser positivo ou negativo, depende da postura que se adota. Assumir discursos preconceituosos e demasiados conservadores, além de serem rudes, podem gerar desgastes irreparáveis com as pessoas que convive. E mais, não espere que as pessoas saibam separar aquilo que você diz ser profissionalmente do que é pessoalmente.

 

 

 

Thaise Saeter

Diretora de Redação